quinta-feira, agosto 10, 2006

Epitáfio

"Bill Gates vai largar a direção da Microsoft". Tá na capa da EXAME, vi hj nas bancas. O mote da matéria fala sobre saber a hora certa de parar. Foi aí que a ficha caiu. Pra quem ainda não entendeu: esse blog subiu no telhado, pisou no prego e esvaziou, foi comer capim pela raiz...bem vcs entenderam. Acabou. E se por um lado ele nunca teve mesmo um bom número de leitores, por outro lado esses leitores sempre foram bastante fiéis, de modo que eu devo esse post a vcs.

Diversos motivos contribuíram para que eu tomasse essa decisão. Não, não foi simplesmente falta de tempo, foi uma conjunção de fatores. Vamos a eles:

1) Em maio eu criei uma comunidade no Orkut muito legal pra quem curte progressivo, a Prog Shared Videos. Essa comunidade tem a finalidade de trocar vídeos de progressivo, inclusive ela está ficando muito legal, tem bastante coisa boa por lá já. Só que - sem que eu soubesse antes - ela teve o seu preço.
Pouco tempo depois de ser criada, num dia q eu estava de bobeira aqui no trabalho, eu comecei a fazer uns testes com o Google Video (tem diversos vídeos da comunidade hospedados lá). No dia útil seguinte (os testes tinham sido feitos numa sexta) eu descobri que estava sem acesso a Internet aqui no trabalho. Aparentemente, os administradores da rede não ficaram muito satisfeitos com o fato de eu ter feito acesso a páginas que continham vídeos (ou pelo menos assim eu concluí). Não é nada que eu não possa resolver, mas requer uma certa dose de cara-de-pau e outra de joão-sem-bracice, e eu acho q ainda não surgiu a oportunidade certa. Isso reduziu a minha disponibilidade de acesso a rede ao tempo que eu tenho disponível qdo estou em casa. O q leva aos motivos seguintes...

2)Embora não seja o único, é óbvio q a falta de tempo é uma das razões, especialmente pq a herdeira tá crescendo e progressivamente eu tenho me dedicado mais à ela qdo estou em casa, o q se por um lado é maravilhoso, por outro lado reduz MAIS AINDA o meu tempo disponível para usar a
rede. Obviamente vcs têm notado a minha ausência nos seus respectivos blogs, mas se serve de consolo saibam que graças ao Newsgator eu não tenho deixado de ler os posts de vcs - minha ausência é restrita aos comentários.

3)A minha "crise dos 30" chegou pontualmente aos meus 30 anos (feitos em maio). Ok, crise pode ser forçar um pouco a barra, mas o fato é q eu refleti bastante sobre a minha vida e cheguei à conclusão de q eu não estou satisfeito com a minha vida e preciso fazer algo para mudá-la.
Pra quem não sabe, não fui eu quem "escolhi" minha carreira de profissional de informática. Na verdade, foi ela que "me escolheu". O lance foi o seguinte: eu já tinha feito a inscrição pro vestibular porém estava decidido a não fazer a prova. Tinha feito a inscrição pra Letras (sempre tive facilidade com inglês, na época pensava em trabalhar com traduções...). Mas chegando perto do dia da prova eu estava decidido a chutar o balde e ir estudar música (baideuêi, isso são acontecimentos q ocorreram qdo eu tinha 17 anos, então dêem um desconto...). Foi minha mãe quem me convenceu a ir fazer a prova - "pô, tu já pagou a inscrição, não custa nada...". Resultado: passei. Em PRIMEIRO LUGAR, sem sequer ter aberto o livro (grande merda, nada no mundo é tão ridículo qto o vestibular da Simonsen, quem ficar reprovado tem q ter o cérebro estudado pela ciência pois trata-se de uma anomalia genética desconhecida). Só teve um probleminha: o mínimo de alunos para formar uma turma era de 25, e só passaram 23. A faculdade me ofereceu a chance de escolher outro curso, e eu ponderei que no Brasil de hoje não se deveria jogar fora a oportunidade de fazer um terceiro grau e tal(ainda mais com PAItrocínio)...e aí eu escolhi Processamento de Dados. No sexto período - em 1996 - eu consegui estágio numa empresa de consultoria...e cá estou ATÉ HOJE (obviamente não mais como estagiário).

Esse mês faz uma década que estou no mercado de trabalho, uma década na mesma empresa, e - posso ser sincero? - confesso que não tenho mais A MÍNIMA esperança de conseguir evoluir aqui dentro. Pra piorar a situação, eu estou TOTALMENTE fora do mercado de trabalho, o q eu faço só é realmente útil dentro da empresa q eu trabalho, e nem é preciso dizer q grana pra fazer curso pra poder sair fora é um sonho distante...

Dez anos nessa eterna batalha diária e incessante por mais dinheiro acabam pesando um pouco nos ombros. Especialmente pq o raio do dinheiro NUNCA DÁ (eu juro q eu não lembro a última vez q eu não fechei o mês no vermelho). E embora eu reconheça q a decisão foi tardia, o fato é q eu resolvi mudar de vida. Não dá mais pra continuar assim. Se é pra me vender (fazer algo q não é a minha praia), q seja pelo menos por um bom preço. O q não dá é pra eu passar o resto da vida fazendo o q eu não gosto e eternamente chorando miséria, sem poder fazer porra nenhuma de interessante nem comprar nada q vc tenha vontade.

Algumas alternativas foram consideradas, algumas inclusive já descartadas. O fato é que A GRANDE RAZÃO pela qual eu estou acabando com o blog é q a alternativa q eu estou considerando no momento exige BASTANTE PESQUISA, e pelas razões citadas acima, meu tempo disponível pra usar a rede está cada vez mais curto (esse post inclusive eu tô escrevendo no trabalho pra mandar pro meu email e publicar em casa). Não, eu não vou dizer o q é, mas posso adiantar q quem for realmente curioso e perseverante o suficiente vai descobrir sem precisar me perguntar. Ah, e q se trata de um projeto de mudança de vida REALMENTE RADICAL.

4)Some-se a isso tudo o fato de, por razões que não valem a pena comentar em detalhes aqui, eu ter acabado de ver a minha renda familiar ter um corte brutal...isso está se traduzindo em duas coisas: estou correndo atrás de um aluguel mais barato (nas faixa de uns 500-550 reais, se alguém souber de alguma coisa avise-me por favor!) e vou acertar umas "lanternagenzinhas" no carro e pra poder vendê-lo (vender o carro faltando seis das 36 prestações originais é duro, mas não vai ter jeito). Isso está ocorrendo de forma concomitante com os preparativos da primeira festa de aniversário da herdeira, então vcs podem imaginar q a minha vida tem estado meio que "do avesso"...

Houve um tempo em q eu tinha até um certo orgulho secreto de manter esse blog. Sério, às vezes eu me pego lendo os arquivos do blog e me divirto um bocado. Mas o fato é q chegou a hora de parar. Eu não tenho tido o mesmo bom humor e estado de espírito necessário para continuar postando. Pelo menos, não com o mesmo estilo que vcs, leitores antigos, estão acostumados. O Barroso, que já viveu momentos em que o seu autor chegou a pensar em pagar um servidor só pra dar um upgrade nele, está finalmente fazendo jus ao nome. Sejamos sinceros - isso aqui está um muro de lamentações. Passou Copa do Mundo, teve Beckham vomitando em campo, teve eliminação da Argentina, teve PCC, Marcola, Parreira, Dunga, teve até mulher q processou o marido por falta de sexo, enfim - um sem-fim de assuntos que normalmente eu nunca deixaria de dar pelo menos uma alfinetada, mas que passaram em brancas nuvens por aqui.

Não vou ser eu q vou bancar o Cafu ou o Roberto Carlos. Como eu disse lá no início, é preciso saber a hora de parar. Como testamento do blog, deixo:

==> as lembranças de eternas e saudáveis discussões (normalmente envolvendo o rock e a Rádio Cidade) para o Parayba, ele que foi um dos motivadores para que eu viesse a criar o blog;

==> as lembranças dos comentários sempre irreverentes para a Engraçadinha, ela q foi a única "amizade virtual" que eu fiz através desse blog;

==> as lembranças de comentários sempre inteligentes e sempre bem ponderados para o Tatan, ele q chegou a ser colaborador do Barroso em seu início.

Pode até ser q um dia "O Barroso" volte à vida qdo as nuvens se dissiparem um pouquinho, afinal de contas eu acredito em reencarnação...mas não contem com isso.

Quem quiser me contactar, ultimamente eu tenho estado mais no Orkut até do q no meu próprio email, portanto o Orkut é mesmo o meio mais rápido. E como eu disse antes, eu continuo lendo sempre o blog de vcs, comentar é q tem sido mais difícil...

Fui!

PS: Dá uma certa melancolia acabar com um projeto q vc manteve esse tempo todo...

PS2: Vcs não acharam q eu deixaria de botar uma referência musical logo no último post do blog, né? Epitaph é um clássico do primeiro disco do King Crimson...e a letra até q se aplica ao blog ("Confusion will be my epitaph...")...

PS3: Tb não acharam q eu iria deixar de botar um monte de PS's, acharam? Rsrs...