sábado, janeiro 28, 2006

Nem maarrecas nem gaansos

Na maior parte do tempo, é como se a Björk cantasse no King Crimson (KC da primeira fase, tipo In the Court of The Crimson King e o Lizard). Em grande parte por causa do andamento lento e do Mellotron, mas que lembra ninguém discorda. Tem arranjos ESPETACULARES, diversos instrumentos de sopro - entre eles um clarinete MUITO PHODA (pq que toda vez que eu ouço um clarinete numa banda de rock eu não consigo deixar de lembrar do Snow Goose do Camel?). Hypnotique e Tèa são duas das músicas mais lindas que eu já ouvi dentre as compostas nessa década. E como elemento surpresa, a última faixa - Quits - é basicamente um trip-hop (não confundir com hip-hop, por favor) cujo final é totalmente Bitches Brew do Miles Davis.

Definitivamente, a banda sueca Paatos é uma das melhores surgidas nessa década (quiçá a melhor), e o Timeloss um dos melhores álbuns (quiçá o melhor tb). Eu baixei o segundo CD deles mas ainda não tive tempo de ouvir, depois eu conto como é que é (por sinal, a produção do segundo CD ficou a cargo de ninguém menos do que o Steven Wilson do Porcupine Tree). É meio difícil de achar mp3 deles na rede, mas se vcs quiserem avisem que depois eu faço um upload. Quem quiser comprar os CD's pode comprar direto com a banda no site deles, acho q tá em torno de 16 euros. Difícil está sendo tirar o CD deles do CD player - no meu já tá lá há umas duas semanas...