domingo, abril 24, 2005

Golpe publicitário ridículo

Era mentira...