terça-feira, dezembro 21, 2004

A morsa

Eu me lembro que foi no meu aniversário de 7 anos quando eu ganhei o Magical Mystery Tour de presente (junto com o Let it Be). Era um álbum com um encarte de vintes e poucas páginas e um som dos mais fascinantes do Rock and Roll. Muito embora os queridinhos de Liverpool sejam até hj adorados pela fase iê-iê-iê, foi a fase psicodélica dos Beatles que representou a vanguarda da música dos anos 60 (e diga-se de passagem, ainda hj é vanguarda aquele som).
O tal encarte contava a história do filme, e eu perdi as contas de quantas vezes eu li sobre a tia gorda do Ringo que tinha sonhos com montanhas de macarrão ou sobre o misterioso Sr. Monstruoso Vaso Sangüíneo. (Infelizmente, uma infiltração no meu quarto detonou o encarte, eu tenho o disco até hoje, mas o encarte tá todo grudado como se fosse uma única folha de papelão).Minha mãe falava sobre esse e outros filmes dos Beatles, mas em meados dos anos 80 isso era uma raridade tão grande que sequer se cogitava a hipótese de vc ter uma chance de assisti-los.
O Yellow Submarine, que era mais famoso, eu assisti nos anos 90, qdo possuir um vídeo-cassete já era algo comum e as locadoras deram uma melhorada em seus acervos.
Eis então que chega um dia em que a tecnologia te permite digitalizar os filmes que vc quiser e compartilhar (literalmente!) com o resto do mundo. E o titio filipensses aqui, feliz da vida de ter baixado o Magical Mistery Tour e poder assisti-lo, 21 anos depois.
Pra quem for baixar o filme, um recado: como cineastas, os Beatles era músicos brilhantes. Mas vale pelas músicas, e o filme pra mim acaba tendo o significado de uma coletânea de clipes (o que não é pouco se vc se lembrar que naquela época não tinha MTV...)

A fase mais foda dos Beatles
A fase mais criativa da banda mais revolucionária do rock

:: O título do post refere-se à uma das músicas dos Beatles desse álbum, I Am The Walrus. Walrus é morsa em inglês. (Não tinha um personagem do Pica-Pau que se chamava Wally Walrus?) ::