quinta-feira, dezembro 16, 2004

Dezembro

Eu odeio dezembro. É um trânsito filho-da-puta, gente pra cacete na rua, tudo isso misturado a um sol dos infernos (convenhamos: o sol que faz em dezembro no Rio é maravilhoso - quando se está dentro d'água, no ar-condicionado, ou tomando uma gelada.)
Dezembro é um mês tão filho-da-puta, mas tão filho-da-puta, que o mundo inteiro comemora quando ele acaba. Todo mundo bebe até cair, tamanha é a felicidade de saber que dezembro acabou. Muitas pessoas, inclusive, chegam a ficar um mês sem trabalhar assim que dezembro acaba, num explícito tributo ao fim de dezembro. E nem adianta vir com esse papo de Natal, pq Natal é um dia só - se bem que tá quase virando dois - e o mês tem 31 ( Murphy nunca ia permitir que um mês como dezembro tivesse 30 dias).
Pra quem ainda não se convenceu, o pior ainda está por vir: esperem mais uma semana. Quando vcs começarem a ouvir a voz da Simone em todas as caixas de som do país a entoar "Então é Natal, e o que você fez...", aí vcs vão concordar comigo.